RSS Feed

sábado, 8 de novembro de 2008

Mania de me enganar

A noite passada você me ligou
O papo era o mesmo
Você me falou
Te amo, te adoro, não te esqueço
Mais é tudo mentira
Não é a primeira vez que você faz isso
Me faz de gato e sapatoMe ilude com seu feitiço
Mas isso agora tem que mudar
A nossa história já não vira
Eu já estava decidido não te procurar
Você não deixa eu te esquecer
E quanto menos espero pelo telefone você me faz te atender
E toda vez você vem me alugar
Me enganando e eu tentando acreditar
As suas idas e voltas são tantas
Que até esqueço o que é amar
Já to cansado do seu bla bla bla
Dessa sua mania de me enganar
Ou devolve minha paz ou vou te pedir
Não me procure mais
Não é a primeira vez que você faz isso
Me faz de gato e sapato
Me ilude com seu feitiço
Mas isso agora tem que mudar
A nossa história já não vira
Eu já estava decidido não te procurar
Você não deixa eu te esquecer
E quanto menos espero pelo telefone você me faz te atender
E toda vez você vem me alugarMe enganando e eu tentando acreditar
As suas idas e voltas são tantas
Que até esqueço o que é amar
Já to cansado do seu bla bla bla
Dessa sua mania de me enganar
Ou devolve minha paz ou vou te pedir
Não me procure mais
E toda vez você vem me alugar
Me enganando e eu tentando acreditar
As suas idas e voltas são tantas
Que até esqueço o que é amar
Já to cansado do seu bla bla bla bla bla bla
Dessa sua mania de me enganar
Ou devolve minha paz ou vou te pedir
Não me procure mais
Ou devolve minha paz ou vou te pedir
Não me procure mais

6 comentários:

Biia (: disse...

Muusica PERFEITAA !! ;D

Mario Tito disse...

bonita, evite as repetições de estrofes...sério!!
mas bonito, é seu?

A filha única disse...

Ai que lindo :D
que musica é?
beijo!

meus instantes e momentos disse...

Tem momentos que não se deve comentar nada. Agora é um deles.
Maurizio

Sedokao Morutaru disse...

Linda música né bia ^^
Mario é uma música.
Filha única é a música joão bosco e vinicius - mania de me enganar.

é maurizio , tem momentos que é melhor nao comentar nada.

paula barros disse...

Poderia ter escrito assim. Tem sido a minha vontade por esses dias.

abraços

Postar um comentário