RSS Feed

domingo, 18 de janeiro de 2009

Eu gosto tanto de você...






Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine.

Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei.
E ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue o meu próprio corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me aproveitará.


O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor jamais acaba; mas, havendo profecias, desaparecerão; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, passará; porque, em parte, conhecemos e, em parte, profetizamos.
Quando, porém, vier o que é perfeito, então, o que é em parte será aniquilado.
Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, pensava como menino; quando cheguei a ser homem, desisti das coisas próprias de menino.


Porque, agora, vemos como em espelho, obscuramente; então, veremos face a face. Agora, conheço em parte; então, conhecerei como também sou conhecido.
Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor.





Foi em um domingo de manhãzinha depois da chuva fria, quando o vento acariciava tua pele. Louca vontade de abrir as gavetas do teu espaço e recordar as palavras de caridade e compaixão com a humanidade. Singelas e tristes. Bons momentos eu já vivi.

10 comentários:

Thiago Damião disse...

A autoria é do Vinicius de Moraes?
Muito bom o texto

e quanto ao texto Sentinelas:

Fiz com a intenção de duas lésbicas, mas ai a interpretação pessoal fica por conta de cada um. =]

Abraço

Rodrigo Hipólito disse...

Concordo plenamente
Muito bom esse texto!
Parabens Lary!
Ta apx em :)

Sedokao Morutaru disse...

Não autoria não é Vinicius de Moraes é retirado I coríntios 13.


Não estou apaixonada. Pelo menos não na sua maneira pensar.

P.s: o livro trata de menor abandonado.

Fernanda Cozendey disse...

bom; bem bom

Rodrigo Hipólito disse...

Minha maneira de pensar O.o
hhhaehaehaehhae
Zuera :P

Nathállia Fhae ~εϊз disse...

Lindo!
1Coríntios 13 é muito lindo mesmo!
;)

Capreta disse...

Ei Larissa, veeem logo que já to tirando os bichos da penela! HAHAHAHAHA. Voltei com o blog, espero que por muito tempo! Beeeeijos! :D

Anônimo disse...

odie essa merda de site! site pobre da merda!

Anônimo disse...

qual é a nacionalidade do padre Thomas, principal persogem do livro
?

Anônimo disse...

amei este poema !!! na minha escola cesc em catole do rocha ... no sexto ano estamos estudando ele e´muito legal

Postar um comentário