RSS Feed

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Que importa saber quem sou, de onde venho, pra onde vou...


Ausente do mundo

Ausente da vida

Chegou ao fundo

Não tem mais saída

O pobre vagabundo

De cabeça perdida

Vagueia nas ruas

Vagueia nas estradas

Pelas pedras nuas

Daquela calçada

Chegou mais além

Sem saber porquê

Dinheiro não tem

Comida não vê

E sorte jamais

No chão vai dormir

Envolto em jornais

Num qualquer jardim

A ouvir os pardais

Uma vida perdida

Ausente do mundo

Numa esperança sentida

É assim a vida

De um pobre vagabundo...

Fátima Silva

10 comentários:

Bertonie disse...

Que poema cool, amei *_*
Achei mto triste a vida do pobre vagabundo, mas de um certo modo, cada um é responsável pelo comando do seu destino

Nathállia Fhae ~εϊз disse...

Bom, saber de onde vamos ajuda a decidir pra onde vamos...
Mas, pra quem nao tem nada na vida complica...

;)
Boa semana!

Nathállia Fhae ~εϊз disse...

Ah, sim, esqueci de dizer...
Também faço como vc. Digo logo que tá tudo bem pra nao ter que falar sobre o assunto e tentar pensar em outras coisas... Mas prefiro tratar o que tpa me fazendo mal.

Achei um e-book da ditadura da beleza! ^^
Se vc quiser, tá aqui o link:
http://www.portaldetonando.com.br/forum/-auto-ajuda-cury,-augusto-jorge-t232.html

Basta vc se registrar. É de graça e é um site confiável.
;)

Nathállia Fhae ~εϊз disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nathállia Fhae ~εϊз disse...

Vixe, o link não abriu todo.
Entao vou te dizer como faz pra abrir a página...
Primeiro abre http://www.portaldetonando.com.br
Do lado esquerdo tem os estilos de leitura, vc pede auto-ajuda e procura augusto cury.
;)

Maria disse...

Assim a gente percebe como somos privilegiadas!!!Graças a Deus! E que possamos modificar a poesia, ao mudar a vida de algum/qualquer vagabundo deste mundo!

Beijo meu

Lidianne Andrade disse...

ai que foto triste!!!

Nathállia Fhae ~εϊз disse...

Nada, qué isso!
;)

Natiih disse...

Ruim é a vida de um pobre vagabundo. E pode ser o futuro de quem menos imagina, e o passado de quem muito mudou. :*

Letícia disse...

"O IMPORTANTE É NÃO DESISTIR, NÉ?"

Postar um comentário